98
99 shares, 98 points

Série desnecessária.

We Are Men foi uma das primeiras séries a estrearem na fall season 2013 e conseguiu o marco de ser o primeiro cancelamento, com apenas dois episódios exibidos. Mas esse não foi o único feito alcançado pelo sitcom. O fato é que o piloto demonstrou o quão desnecessária era a ideia desta comédia. A pergunta que nos resta é: quem foi que achou que We Are Men era uma boa ideia?

A cena inicial até parece interessante, conseguindo desviar a nossa atenção de quem está fazendo a narração em off: o cara que adentrou o altar consegue nos enganar por alguns segundos, quando somos apresentados ao verdadeiro protagonista, que é Carter, o noivo  abandonado no altar.

Porém, a partir desse ponto, a coisa vai ladeira abaixo.

A premissa da série é fraca: as ações se  passam, em sua maioria, nesse condomínio voltado a homens abandonados ou que se divorciaram. Nesse lugar, Carter se afeiçoa instantaneamente aos três personagens que lhe servirão de grupo de apoio, fazendo questão de demonstrar que ele só superará quando conseguir “pegar” algumas mulheres.

We Are Men fez questão de deixar sua “mensagem” central bem clara logo no piloto: mulheres objetos, usadas como troféus pelos homens. Mesmo quando o personagem principal mostrava-se diferenciado em sua mentalidade nesse sentido, vemos na cena em que o próprio é levado a desistir do casamento como aquela que ensina que o rapaz deve se igualar em futilidade aos seus companheiros. De certa forma que o roteiro deixa bem claro que a culpa a da nova Sarah por não deixar fazer o que quer.

No entanto, eu estaria muito satisfeita se o único problema da série fosse o sexismo e o modo com que encara relacionamentos. Mas não é por aí.

Os roteiros são tão risíveis  – e não no sentido que seria ideal para uma comédia – que o elenco não consegue crer no que vê. No pior estilo de atuação caricata, vemos atores até consagrados  – como Tony Shaloub, irreconhecível na imbecilidade de atuação – em performances forçadas e que mostram a superficialidade visível do roteiro. Diálogos artificiais e cenas desconexas emendam o quão fraco e sem carisma são absolutamente todos os personagens. Nenhum deles consegue conquistar.

Sem contar que We Are Men tem um problema recorrente nas comédias estreantes deste ano: não tem graça. Eu não consegui rir em nenhuma cena. Inclusive senti vergonha alheia da cena da bolada no nariz. Uma tentativa frustrada de pastelão.

Enfim, amigos, esses são os motivos pelos quais We Are Men não viu  o alvorecer de um terceiro episódio. Foi tarde. Não deveria nem ter tido um piloto.

Breve continuaremos no Nerd Pride com mais comentários sobre o Projeto Fall Season.


Gostou desse artigo? Compartilhe com seus amigos!

98
99 shares, 98 points
Marcia Dantas

Novice

Escolha um estilo de post
Post padrão
Postagem padrão, com formatação de textos e imagens
Lista
Listas clássicas da internet
Vídeo
Youtube, Vimeo ou Embeds do Vine
Imagem
Fotos e imagens
Gif
GIFS
Quiz
Série de perguntas com respostas certas e erradas que pretende verificar o conhecimento
Votação
Votar para tomar decisões ou determinar opiniões
Lista aberta
Envie seus próprios ítens e vote nos melhores envios
Listas por ranking
Clique acima ou abaixo para votar nas melhores listas
Meme
Faça upload de seus imagens e crie memes próprios