Nerd Pride

82
82 shares, 82 points

A Suécia sempre foi berço de muitíssimas bandas revolucionárias. Nesse caso, não poderia ser diferente. Na ativa desde 1995 (primeiramente sob a alcunha de Inferior Breed), Björn “Speed” Strid e Peter Wichers fundaram o Soilwork (nome dado no ano posterior), banda que viria a ser uma das mais importantes para a vertente musical conhecida como Melodic Death Metal, ao lado de bandas como In Flames e At the Gates.

Soilwork: Line Up de 2013.
Soilwork: Line Up de 2013.

Em 2012, foi anunciada a segunda e definitiva saída do guitarrista Peter Wichers, por razões pessoais, sendo o mesmo substituído por David Andersson. Porém, ainda em 2012, uma notícia sensacional, e assustadora, foi dada pelo vocalista Bjorn “Speed” Strid: a banda estava em estúdio para gravação do sucessor do excelente The Panic Broadcast, chamado The Living Infinite. A parte assustadora é que o disco seria DUPLO, apenas com músicas inéditas, o que jamais havia sido feito na história das bandas suecas do estilo.

Muita apreensão e rumores cercaram as gravações do álbum, até seu lançamento no dia 27/02/2013. O resultado chocou à todos, e o Soilwork entrega ao mundo uma das obras mais perfeitas da história da música pesada. 

Capa do The LIving Infinite
Capa do The LIving Infinite

The Living Infinite é composto de 20 faixas, mostrando a riqueza, versatibilidade e competência do time. Peso e velocidade, de mãos dadas às melodias com a assinatura da banda, agora abraçando por completo o às vezes tímido lado progressivo, formam uma obra  que dispensa qualquer botão que avance ou volte as faixas. Björn “Speed” Strid literalmente se tornou uma fábrica de refrões marcantes e cheios de feeling, que ficam  na cabeça à primeira ouvida.

A recepção pela crítica foi grandiosa. O site agregador de notas SputnikMusic deu ao álbum nota 4.3/5.0, afirmando que “esse é o mais forte e conciso álbum ja feito pela banda”.

Composto de 20 faixas, The Living Infinite segue o conceito lírico de questões existenciais e seus dilemas filosóficos, que Strid diz “ficar por horas e horas se questionando, afim de tornar uma pessoa melhor sempre”.

Musicalmente, o álbum despeja violência, energia, uma sonoridade única e madura digna de aplausos até dos que não gostam do estilo. Como destaques, as faixas “Spectrum of Eternity“, “This Momentary Bliss” e “Rise Above the Sentiment“, primeiros singles lançados antes do full-lenght, “Rise Above the Sentiment”, que entregou o primeiro vídeoclipe do disco, além das minhas favoritas, “Long Live the Misanthrope”, “Memories Confined”, e “Antidotes in Passing.

Consolidando-se como uma das bandas mais respeitadas e competentes da atualidade, o Soilwork não mais precisa provar nada ao mundo.

Álbum disponível para aquisição na iTunes Store, Amazon.MP3 e em lojas especializadas em produtos importados do gênero.

Abaixo, maiores informações e singles liberados pela banda no Youtube.

Página Oficialhttp://www.soilwork.org/

Álbumhttp://media.nuclearblast.de/bands/Splash/soilwork/thelivinginfinite/index.html

Facebook Fanpagehttp://www.facebook.com/soilwork?fref=ts

Twitter: @_Soilwork

Singles:


Gostou desse artigo? Compartilhe com seus amigos!

82
82 shares, 82 points
Escolha um estilo de post
Quiz
Série de perguntas com respostas certas e erradas que pretende verificar o conhecimento
Votação
Votar para tomar decisões ou determinar opiniões
Post padrão
Postagem padrão, com formatação de textos e imagens
Lista
Listas clássicas da internet
Lista aberta
Envie seus próprios ítens e vote nos melhores envios
Listas por ranking
Clique acima ou abaixo para votar nas melhores listas
Meme
Faça upload de seus imagens e crie memes próprios
Vídeo
Youtube, Vimeo ou Embeds do Vine
Imagem
Fotos e imagens
Gif
GIFS