Minha terceira e última recomendação vai para a série cujo retorno está mais próximo, porém com menos episódios para assistir. Aposto que em uma semana (ou menos) você conseguirá ver a temporada de estreia completa e a tempo de acompanhar a season 2 premiere.

Primeiro preciso dizer a vocês o que me fez pegar essa série. Nada mais e nada menos que Eric McCormack. Para aqueles que podem não conhecer, é o eterno Will Truman, da épica sitcom Will & Grace. Porém, ao contrário do que você pode pensar, Perception não é uma série de comédia, e sim de drama. Antecipando os motivos para assistir a série, já antecipo a vocês que é uma experiência toda nova ver Eric McCormack em um papel dramático, com uma grande carga de complexidade psicológica. Para quem acompanha minhas reviews, sabe que aprecio personagens que tenham o psicológico seriamente perturbado (Will Graham, hello). Portanto, quem tem o mesmo gosto que eu pode gostar do que Perception tem a apresentar. São apenas dez episódios, não se acanhem. E é TNT, emissora que não costuma decepcionar.

Do que se trata?

Perception é uma série da TNT que nos apresenta ao neurocientista e professor de faculdade Daniel Pierce, que auxilia o FBI a solucionar alguns de seus casos. O diferencial desse consultor é o fato dele ser diagnosticado com esquizofrenia.

Personagens:

  • Daniel Pierce é o protagonista da série. Professor da Chicago Lake Michigan University e neurocientista. Costumava prestar consultoria para o FBI e é recrutado para voltar a realizá-la por sua ex-aluna Kate Moretti. É considerado excêntrico e foi diagnosticado com esquizofrenia;
  • Kate Moretti é uma agente do FBI. Foi aluna de Daniel e pede sua ajuda para resolver alguns casos;
  • Max Lewicki é aluno e assistente de Daniel Pierce. Auxilia o professor em manter a rotina e diminuir as crises de esquizofrenia. Teme os efeitos que a consultoria pode ter sobre Daniel;
  • Natalie Vincent é a melhor amiga de Daniel desde a faculdade. E me limitarei a dizer isso sobre ela, porque grandes revelações são feitas sobre ela no piloto e nos dois últimos episódios;

Motivos para assistir a série:

É difícil falar sobre uma série que tem apenas uma temporada. Ao contrário de minhas recomendações anteriores, ela teve menos espaço para crescimento de sua trama.

Mas reforço meus pedidos para que você dê uma chance. O resumo dá uma cara de procedural comum, e Perception efetivamente tem uma uma parte dedicada aos procedimentos criminais.

Porém, correndo o risco de ser repetitiva, a atração é Daniel e sua esquizofrenia. A série consegue girar em cima das batalhas psicológicas tratadas com suas alucinações. Aliás, uma das grandes sacadas é nós, assim como ele, não sabermos quando ele está falando com uma pessoa real ou mais um fruto de sua imaginação, até que o próprio roteiro se encarrega de nos revelar.

Perception retornará para sua segunda temporada no dia 25 de junho. Novamente recomendo a maratona, antes do retorno. São apenas 10 episódios, coisa que você poderá finalizar rapidamente. E aproveite para colocar na sua programação.

E isso aí, gente. Espero que tenham gostado de minhas dicas e podem se sentir a vontade de fazer suas próprias recomendações. Comentem!