Podcast, já ouviu falar sobre essa mídia?
Caso não, vamos entendê-la.

Assim como a TV, o rádio e o jornal, o podcast é uma mídia de transmissão de informações.
O podcast é como um programa de rádio, porém sua diferença e vantagem é o conteúdo sob demanda. Você pode ouvir o que quiser, na hora que bem entender. Basta acessar e clicar no play ou baixar o episódio.
Eu tenho usado muito esse formato pois escuto sobre o assunto que eu realmente quero e nos momentos em que não se pode dar atenção a uma mídia visual, como caminhando, dirigindo, treinando. Essa é sua vantagem, perfeito para se manter informado dentro da correria do dia-a-dia.
Bem, agora que já conhece a mídia podcast, vou lhes apresentar uma galera que faz um trabalho incrível, Podcrastinadores eles discutem sobre cinema e séries de TV (produções novas e antigas). Com uma análise opinativa muito bem humorada, é informação e diversão garantida. É composto pela equipe Fernando CarusoGustavo GuimarãesHelvecio ParenteRodrigo Montaleão Tibério Velasquez.
Conversei por e-mail com o Fernando Caruso e fiz as seguintes perguntas:

Fora ele é muito funcional, como está o podcast no Brasil?

É um público que cresce cada vez mais. Todos dia recebemos mensagens de ouvintes que
“acabaram de descobrir o podcast” (ele está a cinco anos no ar), mas, mesmo assim, o número
de gente que nunca ouviram falar desse formato, nem mesmo sabe como baixar, ainda é muito
grande. Parece muito com o início do Stand Up Comedy no Brasil, que a gente tinha que ficar
explicando o que era o tempo todo, que não era improvisação, etc…

Você tem uma agenda cheia, como são as gravações, todos juntos e com uma data certa (semanal, mensal)?

Nosso podcast é quinzenal. Marcamos a data de acordo com a disponibilidade de todos, em
especial a do convidado. Como gravamos à noite, durante a semana, na hora que os meus
colegas voltam de seus trabalhos, normalmente não entra em conflito com meus horários de
gravação, pois na maioria das vezes o estúdio termina às 21h.

Vi que alguns mencionam estarem https://www.acheterviagrafr24.com/achat-viagra-en-ligne-quebec/ contentes por criarem um podcast juntos e não um canal no YouTube, o que acha disso?

Não sei dizer… Como eu não tenho um canal no youtube, não sei quais são as necessidades de
quem faz um canal, comparado as necessidades de quem faz um podcast. Me parece que um
podcast é mais fácil de organizar.

Podcast lhe proporciona um trabalho menos censurado, podemos assim ver um outro Caruso, mais livre e mais honesto usando as palavras que quiser?

Acho que mais até do que a censura, o diferencial do podcast é que ele lhe dá um contato direto
com quem está interessado e disponível para te ouvir por horas a fio. Pessoas que realmente
querem saber a sua opinião, do contrário não estariam baixando um arquivo de uma hora e
meia, para ouvir no caminho do trabalho, durante uma sessão na academia ou sei lá quando.
Isso te deixa muito mais livre pra desenvolver as suas ideias e opiniões com muito mais calma e
elaboração. Então eu acho que livre e honesto eu acho que https://www.acheterviagrafr24.com/achat-viagra-en-ligne-quebec/ eu tento ser, sempre. Mas nunca
que a Fátima Bernardes vai me deixar falar no programa dela por uma hora e meia consecutivas…

Acessem o site Podcrastinadores, ouça online ou baixe o episódio.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorEu salvei o mundo!
Próximo artigoColoque na cabeça e role para baixo.
Sou o Gene dos Clone Trooper, me chamo Thiago Barros, brinco de ser fotografo de figura de ação e publicitário, em 25 de maio de 1977 meu córtex ficou em uma câmara de criogenia.