Morre em João Pessoa o quadrinista Deodato Borges

Faleceu na manhã desta segunda-feira aos 80 anos o radialista, jornalista e quadrinista Deodato Borges, um dos pioneiros dos quadrinhos de super heróis no Brasil. De acordo com o Jornal da Paraíba, Deodato lutava contra um câncer nos rins e faleceu devido a uma parada cardíaca durante uma sessão de hemodiálise.

Deodato Taumaturgo Borges foi radialista durante muitos anos e durante essa época criou o Flama, considerado um dos primeiros super-heróis brasileiros. Inicialmente como personagem de radionovela, o Flama ganhou uma revista em quadrinhos em 1963, inspirado em sucessos da época, como The Spirit, herói do lendário Will Eisner.

o-flama

Seguindo os passos do pai, seu filho Deodato Taumaturgo Borges Filho também decidiu entrar no mundo dos quadrinhos, adotando o nome de Mike Deodato e fazendo trabalhos em editoras de renome internacional, como Marvel e DC Comics.

Além de radialista e quadrinista, Deodato Borges também foi Secretário de Comunicação do governo da Paraíba.

você pode gostar também Mais do autor