HQ | Já Nem Lembro Se Somos Muquiranas Ou Espertos

Já Nem Lembro Se Somos Muquiranas Ou Espertos, é uma seleção das melhores tirinhas de Dilbert, personagem criado pelo cartunista e (economista) Scott Adams que foi publicado ano passado pela Editora Conrad. Adams não gostava do seu emprego quando criou Dilbert – um engenheiro de 30 anos contratado, por uma empresa de tecnologia cheia dos clichês das empresas atuais – mais ou menos como ele se sentia na época.Já nem lembro se somos muquiranas ou espertos capa

Dilbert, que prefere os computadores do que o convívio social, é facilmente manipulado pelas opiniões realistas do seu cachorro, Dogbert, esse por sua vez, é um consultor externo cínico, que adora desdenhar das pessoas ao demonstrar sua capacidade intelectual. São vários os personagens que vão surgindo em meios às tiras, como o Ratbert, que é um comparsa do Dogbert em certas artimanhas, o Catbert que surge como o gestor de RH da empresa e que adora dar más notícias, o Wally, também engenheiro na equipe de Dilbert que divide com ele as lamúrias do dia-a-dia e o Chefe, desse não precisa nem falar como deve ser, basta só imaginar a pior estereótipo do tipo! Os temas das tirinhas também são outros detalhes à parte, que vão desde a ética nos negócios, bajulação, resiliência, fraudes, idiossincrasia e até esoterismo.

As tirinhas se tornaram sucesso logo após as suas primeiras publicações em Abril de 1989, ano que para a área da informática foi de bastante relevância, nesse ano, por exemplo, despontavam alguns softwares mais complexos, começava a era da Interface Gráfica, dos microcomputadores de uso domésticos, era lançada a Microsoft Office para o Macintosh (a versão do Windows só veio um ano depois) e o Protocolo de Transferência de Hipertexto (o HTTP).

Atualmente as tiras de Adams, que ironizam as situações do ambiente corporativo e sua enfadonha burocracia, aparecem online em mais de 2.000 jornais ao redor do mundo, já foram traduzidas para mais de 25 idiomas e até virou um desenho animado em 1999.

Confira algumas tirinhas de Dilbert na galeria:

você pode gostar também Mais do autor