Com uma extensa e detalhada pesquisa, Joel Baden, professor na Universidade de Yale e estudioso da Bíblia, desmitifica e ergue outro Davi em seu mais recente título publicado pela editora Zahar. Sem o manto do mítico e pautado pelo factual, o autor detalha e polemiza ao refutar alguns ideais cristãos sobre a figura de Davi.

img_20161129_214817

Segundo Baden, o poeta e pastor que tocava lira para Saul, tido como o primeiro rei de Israel, chegou ao trono por meios exclusos e sem direito natural ao trono. O autor complementa que por vezes, Davi agia como mercenário e polemiza, ao alegar que o herói bíblico não teria abatido o famigerado Golias, não era pai de Salomão e nem havia escrito os Salmos.

Com denotado empenho em construir um Davi histórico, o título é uma leitura estimulante e libertadora do ponto de vista ideológico. Ao expor o homem além da alegoria, encontramos no decorrer do texto uma narrativa lúcida, consistente e principalmente, distante de qualquer confronto ou intenção dualista da fé ante a afirmação de qualquer fato ou dado histórico.

img_20161129_214907

Figurando em pouco mais de 40 capítulos da Bíblia, Davi é classificado como o “homem segundo o coração de Deus” e assim permanece como uma unanimidade entre cristãos e judeus. A despeito daquele que unificou pela primeira vez as dozes tribos de Israel e que segundo alguns profetas, seria o responsável pela linhagem do prometido Messias, fica apresentado no texto como um homem comum, repleto de anseios e receios, e “bastante desagradável”, segundo palavras do autor.

Davi - Zahar 3
O que está explicito no texto é que o Davi bíblico é uma figura idealizada, romantizada, algo como um símbolo, um ícone de um ideal hebreu. O Davi histórico é completamente diferente.

Como objeto e reunião de diversas narrativas, a Bíblia relata pontos cruciais da biografia de Davi, que são omitidas ou reorganizadas para favorecem a edificação dele como símbolo. Há relatos, que dependem da tradução denotam uma homossexualidade com o filho do seu suserano.

img_20161129_215053

Seguindo o mesmo viés do já consagrado Zelota, onde o que importa é a desconstrução do mito em face do homem, Davi – A vida real de um herói bíblico é objetivo, interessante e dinâmico em entregar uma leitura firme e por muitas vezes didática.

Seja como objeto de estudo ou simplesmente para saciar uma curiosidade latente, Davi, é mais um exemplo de que uma comprovação histórica ou uma negação teológica, ou vice-versa, são bases frágeis, afinal, tudo é muito subjetivo, ainda mais quando está em jogo um dos pilares das duas maiores religiões do mundo.

Ficha Técnica
Lançamento: 7/4/2016
Assunto: História
Tradutor: Marlene Suano
296 páginas
16x23cm
1ª edição
ISBN 9788537814789
Adquira um exemplar!